Participantes da 2a Edição


Alexandre de Faria Oliveira [EMESP] - Musico/Compositor/Produtor Musical formado em composição com ênfase em eletroacústica pela Unesp. Em 2012 iniciou um intercambio para a Alemanha aonde permaneceu pelo período de 1 ano e meio estudando musica e áudio. Em 2015 iniciou o curso de composição pela EMESP sob as orientações de Rodrigo Lima e André Ribeiro. Tem publicada sua obra eletroacústica "Reflexos sobre um mar de cristal" no CD 15 da coletânea "Musica Maximalista". [site]


André D. Tuffo [UNICAMP] - Começou a estudar piano erudito aos doze anos, porém sempre mantendo-se próximo da música popular. Aos 17 anos ingressou o Conservatório Carlos Gomes (Campinas) e, aos 19, iniciou o curso técnico em piano erudito no mesmo conservatório, onde veio a ter contato com a música do século XX. Graduou-se em 2012 e, em 2014, ingressou no curso de composição da UNICAMP para seguir seus estudos. [site]


Bruno Gazoni [UNICAMP] - Graduando em composição pela UNICAMP, possui também atuação como instrumentista em grupos de música instrumental contemporânea. Seu trabalho criativo está voltado para o desenvolvimento de linguagens pessoais com integração de técnicas estendidas como parte integral do discurso estético. Possui também trabalho voltado para trilhas de teatro, videogames e rock progressivo. [site]


Clayton Ribeiro [EMESP] - Natural de São Paulo iniciou seus estudos musicais em 1990 através do violão erudito e da guitarra. Em guitarra, realizou curso intensivo de Improvisação harmônica e melódica, com Mozart Mello na ULM. Em composição, estudou com Arrigo Barnabé na ULM e participou de cursos intensivos em Brasília, recebendo orientações de Jorge Antunes e Christopher Bochmmann. Profissionamente atuou em arranjos, gravações e como violonista da Camerata de violões da ULM. Na área pedagógica desenvolveu trabalhos em escolas de música, escolas de ensino infantil/fundamental/médio, ONGs e projetos públicos e sociais. Atualmente cursa composição na EMESP Tom Jobim.


Daniel Rofer [EMESP] - Começou os estudos musicais na Fundação das Artes de São Caetano onde teve aulas de violão clássico com Rosemary Parra e Cláudio Tegg. Estudou também no Centro Tom Jobim sob orientação de Everton Gloeden. Estuda atualmente na EMESP onde faz o curso de composição musical sob orientação dos professores André Ribeiro, Rodrigo Lima e Júlio César. Estuda também na Universidade Federal de São Carlos no curso de licenciatura em educação musical (EAD). No campo da composição musical trabalhou como diretor musical de diversas peças de teatro e, em 2007, escreveu a trilha sonora do filme “Sol Para Poucos” do diretor Henrique Beraldi. Participou em 2013 do seriado PSI da HBO Brasil tocando piano com uma composição própria. Atualmente é professor e coordenador do Instituto Grão de Areia, ONG que trabalha com ensino de música para crianças de baixa renda na Zona Norte de São Paulo.


Djalma Campos [UNICAMP] - Começou seus estudos musicais em 2010, no curso de violão erudito e teoria musical da Escola de Música Solar das Artes, sob orientação de Pedro Bueno Cameron. Ingressou em seguida na Escola Livre de Música Fábio Marasca, onde teve aulas de prática de orquestra, prática de câmara e de violino. Desde 2014 é aluno da UNICAMP onde é pesquisador do Núcleo Interdisciplinar de Comunicação Sonora (NICS-UNICAMP) e bolsista de iniciação científica pelo SAE/PIBIC/UNICAMP sob a orientação da Profª Dra. Lenita Waldige Nogueira. Tem interesse em musicologia, música e tecnologia, música contemporânea e composição musical.


Gabriel Xavier [EMESP] -  Nasceu na cidade de Santos onde iniciou seus estudos de música em 2007. Em 2010 ingressou na Faculdade Santa Marcelina, no curso de Bacharelado em Composição. Nessa instituição cursou a disciplina de composição musical com os professores Matheus Bitondi, Leonardo Martinelli e Sergio Kafejian. Entre 2012 e 2014, estreou diversas peças para grupo de câmara, como Convergência (2012), Suíte Anacrônica (2013) e Litoral Plaza Puzzle (2014). Como organizador e curador, promoveu em 2013 dois concertos de música contemporânea, ambos voltados à divulgação de jovens compositores e intérpretes residentes em São Paulo. Participou do 27º Festival Internacional de Inverno da UFSM (2012) e do 14º Festival de Música nas Montanhas (2013). Desde o início de 2014, atua como compositor e intérprete no grupo Camerata Profana. É aluno de composição da EMESP desde 2015. [site]


Gustavo Bonin [EMESP] - Natural de Criciúma/SC é compositor, arranjador e clarinetista. Formado em Licenciatura em música pela UNESPR (Universidade Estadual do Paraná) e em clarinete pela EMBAP. Estuda composição na EMESP com os professores Rodrigo Lima, Matheus Bitondi e Júlio Cesar Araújo. Suas obras de câmara foram apresentadas nos concerto do Coletivo Capim Novo do qual integra. [site]


Helivelton Campos [EMESP] - Iniciou seus estudos em música em julho de 2008, com aulas de violão erudito em uma empresa em Diadema. Após seis meses de estudo ele deu inicio ao curso de violão erudito na Casa da Música da cidade com o professor André Ferreira (FIAM FAAM). Em 2011, aprovado no processo seletivo do curso de violão erudito da EMESP "Tom Jobim", ele passou a estudar violão com Paulo Porto-Alegre e teoria com Marcus Siqueira, Maurício De Bonis, Rodrigo Lima e Alex Buck. Foi nesse período que que ele desenvolveu interesse pela composição e, desde então, vem direcionando seus estudos para esse ramo. Atualmente cursa o 2º ano de Composição pelo Instituto de Artes da UNESP e continua a estudar violão pela EMESP com Fábio Ramazzina. [site]


João Batista de Brito Cruz [EMESP] - É formado em saxofone pela FASM e, além de ser aluno da EMESP, é mestrando em Semiótica na PUC. Mantém uma pesquisa como instrumentista e compositor diretamente ligada a obras com estruturas abertas e traduções intersemióticas na música. Como compositor, já teve peças estreadas, como "Liga-Punkte" (2014), "Comunica" (2012) e "Te-kos" (2013). Já fez residência artística para gravação de canções suas no MIS-SP.


Luciano da Costa Nazario [UNICAMP] - É educador, violonista, compositor e arranjador.
É bacharel em música pela Universidade Federal de Pelotas (UFPEL), mestre pela Universidade Federal da Bahia (UFBA) e doutorando pela Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Como compositor e arranjador possui obras apresentadas em diversas regiões do Brasil, incluindo obras para Banda Sinfônica (executada pela banda sinfônica do Conservatório Dramático e Musical de Tatuí/ SP), Orquestra Sinfônica (executada pela Orquestra Sinfônica da Universidade Federal da Bahia/ BA) e grupos de câmara (apresentados na Universidade Federal de Goiás/ MG, Universidade Federal do Rio Grande e Universidade federal de Pelotas/ RS). [site]


Pablo Contijo [UNICAMP] - Violonista e aluno do curso de composição da UNICAMP, desde cedo cultiva um interesse por projetos criativos. Como artista, busca entender melhor as várias estéticas contemporâneas para poder levar essa riqueza para um ambiente extra-acadêmico.


Theo De Blasis [EMESP] - Nascido em São Paulo em 1987, começa a estudar musica em 2005, na escola Espaço Musical, onde tem aulas de percepção e composição com Ricardo breim e Ana Fridmann. Em 2007 ingressa no curso de musica popular na UNICAMP, onde tem aulas com Sílvio Ferraz, Ulisses Roca, Jose augusto Mannis, Sergio Freitas (UDESC), Bebeto e Mario Campos. Participou da Academia de Inverno com o compositor Belga Claude Ledoux (Conservatório de Paris) em 2009. Durante a Faculdade compôs e arranjou para diversos grupos, tais como  Romeiral e Obra Aberta, onde também atua como performer. Ingressou no curso de composição da EMESP em 2015, onde é atualmente aluno dos professores André Ribeiro e Rodrigo Lima.


Vinicius Cesar de Oliveira [UNICAMP] - Natural de Piracaia-SP, iniciou seus estudos de música em 2004 sob a orientação do professor Gilson Ferreira. De 2007 a 2013 passa a trabalhar como professor de violão erudito no Projeto Guri no Polo Piracaia. No ano de 2013 ingressa no curso de Bacharelado em composição pela UNICAMP sob a orientação dos professores José Augusto Mannis, Denise Garcia e Jônatas Manzolli. Durante esse período, esteve presente em congressos, seminários e simpósios como o 1o Colóquio Franco-Brasileiro de Análise e Criação Musical com Suporte Computacional, 1o e 2o Festival de Música Contemporânea Brasileira, Workshop de composição com Gregory Mertl e Masterclass com Fabio Zanon. Durante 2014 estreou os trabalhos Rondó (piano solo), Tenaebre (trio com narrador) e trabalha na trilha sonora do filme “O Encouraçado Potenkim” de Sergei Eisenstein. Atualmente está desenvolvendo o projeto que irá pesquisar a relação na escrita polifônica de J.S. Bach e Luciano Berio sob a orientação da professora e compositora Denise Garcia.